Páginas

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Mais um Final de Semana

Olá!

Dois eventos ocorridos nesse final de semana com a minha família:

  • sábado - trabalhei o dia inteiro, meu marido e minhas filhas foram buscar-me às 17h. Fomos visitar minha cunhada e depois a um shopping da cidade. Como já eram 19h resolvemos oferecer o jantar para as crianças lá mesmo. Meu marido pediu um prato com arroz+feijão+filé de frango+purê de batata+salada e ficamos eu e as pequenas esperando na área de alimentação. Aí... minha filhota Mariana começou literalmente a pedir os sanduíches que estavam nas outras mesas e nós estávamos cercados por crianças comendo Mac Lanche Feliz por todos os lados, rss. Elas nunca comeram esses lanches e eu achava que eram os brinquedos que estavam chamando a atenção dela, mas eram os sanduíches mesmo. Algumas pessoas ofereceram e eu agradeci e recusei. Chegou o nosso prato, a Letícia comeu muito bem, mas a Mari quase não aceitou e ficou bem brava. Mas não compramos o lanche pois afinal ela ainda nem tem 02 anos. Talvez você ache que fomos muito duros com elas, que pode ter ficado com vontade, etc, etc. Mas tenho certeza de que estamos fazendo o melhor. Essa fase, até 03 ou 04 anos é quando a criança forma seus principais hábitos alimentares e por isso o controle de quem escolhe o que ela irá comer é muito importante. Minhas filhas irão deliciar-se com lanches e guloseimas, mas tudo tem seu tempo e agora elas precisam aprender a gostar de outros sabores e consistências pois esses eu tenho certeza de vão apreciar. Além disso é gordura e sal demais para gente tão pequena.

  • domingo - fomos à missa, depois elas dormiram e resolvemos almoçar num restaurante. Lá montei um prato com arroz+feijão+carne grelhada+cenoura cozida+ batata frita e... quando levei à mesa as mocinhas já atacaram as batatas. Eu fiquei me perguntando em porquê escolheram as batatas, já que nesse tempo todo de vida delas devem ter comido 02 ou 03 vezes no máximo essa iguaria. Acontece que criança tem mesmo ótima memória, especialmente de coisa gostosa, rss. Não havia fruta de sobremesa e meu marido pegou o que tinha de mais "leve", gelatina com creme, e elas simplesmente amaram. Assim apenas reforcei minhas crenças na responsabilidade dos pais para a formação dos hábitos alimentares de seus filhos.

Resumindo: não há alimento mal ou ruim, apenas precisamos escolher quando, como e quanto devemos comer e oferecer às crianças.

bjs maternos.

Um comentário:

Beatriz disse...

Ja disse que sou sua fa, ne?!!!..rssss
Estou aqui no hotewl, de saida para COMPRAS..rsss mas nao resisti a tentacao de dar uma passeadinha pela internet!
Voce esta SUPER certa... mesmo nao sendo nutricionista, leio MUITO e sei que tudo que voce disse e verdade!
Na maioria das vezes, e muito dificil "educar" ... criar e facil, mas educar e bem diferente!
Beijos com saudades!